domingo, 30 de novembro de 2008

Último post do blog...

Olá gente!

Sei que vocês estão se perguntando como assim último post do blog? Mas é isso mesmo, só volto aqui à partir de hoje para saber como estão vocês, calma vou explicar tudo que aconteceu, cada passo, se preparaem porque o post de hoje promete emoções. Vamos lá!

Continuando de onde parei eu disse que tinha muita coisa nova pra contar mas que só contaria quando resolvesse e por isso só hoje voltei. Meu relacionamente com meu host dad não estava nada fácil, ele não era nada do que eu achei que fosse, acho que vocês lembram que ele é single dad e só viviamos na casa ele, Andrew, Fran e eu, o primeiro mês foi uma MARAVILHA, ele vivia fazendo meus gostos, procurava me agradar de todo jeito, se eu deixasse seria capaz de me carregar até nos braços, mas enfim como tudo que não é sincero o dia é descoberto, a verdade sempre aparece e depois de um mês e meio ele mostrou quem realmente era. Se vocês verem os blogs antigos vão ver como eu falava dele, antes de fazer o match com essa família eu não quiria single dad mas quando vi a carta dessa família me encantei, quando vi a carinha das crianças me apaixonei e durante as conversas com meu host ele parecia ser uma pessoa muito compreensível e legal o que no meu pensamento era o que eu procurava, ele me tratava muito bem, me fez sentir da família mesmo quando ainda estava no Brasil, enfim depois que vi essa família não quiria outra, não saia da minha cabeça que aquela era minha família.

Já faz alguns dias ele mudou seu comportamento, mostrou quem realmente é, uma pessoas nervosa, explosiva e ignorante, muuuito grosso, me deixava assustada e com medo. Ele tem um problema que é muito apegado as coisas materiais e morria de ciúmes da porcaria do carro, odiava dirigir com ele porque pra ele ninguém dirige bem, só ele e um dia eu tava dirigindo com ele e os meninos no carro e do nada ele grita comigo porque para ele eu ultrapassei um carro de maneira errada, e isso não foi verdade e mesmo que fosse ele não tinha o direito de gritar, eu fiquei tão assustada com o grito que comecei a chorar, parei o carro e não conseguir mais nem ligar o carro de tão nervosa. Mas enfim, ele depois pediu desculpa, reconheceu que tinha errado e tudo ficou bem. Ou melhor teria ficado se isso não tivesse se repetido, mas depois desse dia ele começou a mostrar como era, gritava comigo por qualquer bobagem, vivia de mal humor, era nervoso, chegou o ponto que um dia eu tinha colocado umas pizzas no forno e quando fui tirar o alarme disparou e ele com tanta ignorância desligou o alarme com um murro, exatamente um murro que quebrou o sensor em 4 partes.
E assim foi, ele sempre aprontava alguma e eu aguentando porque amo os meninos e não quiria deixa-los, mas chegou a um ponto que não dava mais, eu vivia com medo, vivia chorando e definitivamente eu não estava feliz e antes de vir prometi uma coisa a minha mãe que no dia que não estivesse mais feliz faria alguma coisa pra reverter a situação. Eu não suportava mais, aconteceram outras coisas desse tipo que não vale a pena contar aqui, até porque não me faz bem, só voltei aqui hoje pra não deixar vocês sem noticias.
Continuando... Resolvi então pedi rematch, mas minha lcc é uma VACA, ou melhor vaca é elogio pra ela, o que você imaginar em uma pessoas ruim, essa é minha lcc, ela é muito amiga do meu host e nem dava ouvidos o que eu falava, achava que eu tava inventando, ela não acreditava em mim e tentou me ferrar de todo jeito, tentou não na verdade ela me ferrou. Ela quis dificultar o meu rematch, colocou mil e uma dificuldades e o que é pior falou mal de mim no meu profile, inventou um monte de mentiras ao meu respeito e me ferrou direitinho.
Fiquei uma semana na casa da família e na semana seguinte fui pra casa de uma amiga-anjo(Lara), ela mora na Virginia, cheguei lá no domingo a noite e foi um momento maravilhoso, muito bom ter um abraço amigo. Fiquei na casa dela domingo, segunda e na terça recebo um telefonema da minha diretora da au pair care dizendo que tinha que voltar pro Brasil na quarta, exatamente isso no dia seguinte eu estaria desligada do programa e ilegal. Imaginem meu desespero, foi horrivel, fiquei inconformada, mas não tive escolha, tive só uma semana pra encontrar família e com aquele profile que minha lcc inventou pra mim seria impossivel. Fiquei revoltada, tentei converser de todo jeito que eu tinha que ter uma chance, que tinha o direito de ter pelo menos mais uma semana, mas minha lcc tinha feito minha caveira de um jeito que ninguém quis ao menos me escutar. A host da Lara tentou me ajudar, ligou pra au pair care e dai agente ficou sabendo o que minha lcc tinha escrito, e realmente não teve jeito não arrumei familia. Gente eu quiria contar mais detalhado mais vou parar por aqui por que isso não tá me fazendo bem, me incomoda falar sobre isso ainda. Resumindo toda história, tô em casa, no Brasil e o que me revolta é que não tive oportunidade nem de me defender, mas como Lara me disse Deus sabe o que faz, acho que ali não era meu lugar, muita gente me pergunta se me arrependi de ter pedido rematch eu digo e repito não me arrependo, faria tudo de novo, desde pequena aprendi a correr atras de ser feliz e eu realmente não estava feliz e precisava encontrar uma saida mas infelizmente não está em uma época boa pra encontrar família, segundo eles a crise ta afetando muito, muitas au pairs em rematch pra poucas famílias, mas isso não importa mais, me desculpem mais vou parar por aqui, mas antes de ir quero deixar um conselho para aquelas que ainda não foram, CUIDADO COM O QUE VOCÊS VÃO ESCOLHER, ANALISEM BEM AS FAMÍLIAS E NÃO DEIXEM QUE AS PESSOAS FAÇAM VOCÊS DE BESTA. Vou ficando por aqui, um beijo a todas e se quizerem deixar alguma pegunta fiquem a vontade que quando estiver mais conformada volto e respondo.
Há ia esquecendo de comentar que isso pra mim foi uma experiência ÚNICA e foram dias de muito aprendizado e crescimento, valeu muuuito a pena.
Deus abençoe a todos!

5 comentários:

Michelle disse...

nossa val eu to chocada q vc voltou situacao triste mesmo ne
Torco pra q vc esteja feliz ai no Brasil
Deus te abencoe

Bjs

Tayla disse...

Nossa Val.. que chato... Eu sei exatamente o q vc sentiu e esta se sentindo agora.. Eu passei a mesma coisa q vc com minha lcc.. Pedi rematch pq a familia queria q eu trabalhasse qd tava off.. e ficava falando se eu ficava no meu quarto.. enfim.. uma longa historia.. e ai pedi rematch e a vaca da minha lcc colocou um monte de besteira no meu perfil, deixei ate de fechar com uma familia por causa de uma informacao idiota q ela colocou.. ela fez um monte de exigencias por conta dela no meu perfil e acabou comigo, tuso pq era amiguinha da minha host family e pq eles tinham dinheiro. E ainda descobri um erro da stb qd tava la. Resumindo, 1 mes depois do meu embarque, ca estou eu de volta no Brasil, muuuuuuito revoltada e estressada com essa situacao toda. Ate hj eu nao consegui me recuperar direito.. as vezes choro por isso, em pensar no tempo e dinheiro q gastei planejando isso tudo. Tranquei o meu blog por um tempo, exclui todas as au pairs do meu orkut.. Nem telefone em casa tava atendendo pra nao ter q ficar explicando pra todo mundo o q tinha acontecido.. Fiquei muito mal mesmo. Só estou melhorando agora.. visito alguns blogs pra saber de algumas meninas..

Anyway... se nao deu é pq nao era pra ser. Estou pensando em outras coisas, estou focada agora na minha area, de marketing. O tempinho q fiquei la deu pra treinar um pouco o ingles. Nao adianta ficar se lamentando.. quem vive de passado é museu. Agora é bola pra frente q atras vem gente! Boa sorte aqui no Brasil e welcome back =]
Bjssss

Liana disse...

Amigaaa... nem acredito ainda q vc voltou... tou muito chocada. Pq pelo q conversamos vc parecia estar certa em ficar. Mas essa da diretora da apc ligar foi fogo!! Imagino a situacao... tou triste por vc, amiga. So nos au pairs sabemos como eh planejar td, largar um monte de coisas... p depois n dar certo!
Mas vamos pensar positivo. Vc tano Brasil, nesse pais maravilhoso, vivendo com quem vc realmente ama, teve uma oportunidade q poucas pessoas tem d passar um tempo fora, foi p FL, MA, VA, NY, NJ... q mais?!
De qq forma vc teve sua experiencia internacional e isso vai contar bastante p vc no futuro.
Eh como ja tinhamos conversado: na pior das hipoteses, vc volta p morar c sua verdadeira famiia, aqueles q te amam de verdade. Tem coisa melhor?
O importante eh q vc lutou como pode, de cabeca erguida, eu bem q sei q vc n deixou por menos c a lcc. Mas so q a corda sempre pesa pro lado mais fraco neh? A apc n quer ser justa, quer lucrar, seja como for, por isso sempre fica do lado das familias. Esse eh o tal do capitalismo selvagem.. fazer o q?!
Pedras no caminho sempre vao existir e isso foi um grande aprendizado pra vc. Fico feliz em saber q vc tem consciencia disso!

Tou torcendo pelo seu sucesso, viu??!!!
Vc eh uma pessoa admiravel... n esqueca o seu valor!!
Bjocassss

DayCarnaúba disse...

Muito triste... desejo tudo de bom... que nao percamos o contato... toh longe mas guardo vc no meu coracao... bjos!!!

Joana Futura - Au pair disse...

Nossa.
que medo!
tudo de bom pra vc!
nunca desita dos seus sonhos, se o seu sonho é voltar...arrume uma nv agencia e faça tudo diferente!
a culpa é da sua agencia que não te protegeu como deveria!
enorme bjo!